Realize sua pesquisa aqui!

slideslideslideslideslideslideslideslide

Como você reage às críticas?

Para muitos de nós, a primeira reação a uma crítica é a frustração. Afinal, quem gosta de ouvir que fez um mau trabalho? E, alguns de nós perdemos o jeito natural de ser para evitar qualquer tipo de crítica negativa.

Como você reage às críticas? Para muitos de nós, a primeira reação é a frustração. Afinal, quem gosta de ouvir que fez um mau trabalho? E, alguns de nós perdemos o jeito natural de ser para evitar qualquer tipo de crítica negativa.

Quando você recebe uma crítica com a mente aberta, você pode usá-la para ajudá-lo a crescer e se tornar mais efetivo. Ninguém é perfeito e a crítica pode conter um feedback valioso que pode ajudá-lo a ver suas fraquezas e ter um desempenho melhor da próxima vez.

Este texto mostra como você pode identificar uma crítica quando ela é construtiva ou não, antes de lhe oferecer sugestões de como lidar com ela com boa vontade.

Há maneiras importantes e diversas de como você deve responder a esses dois tipos de crítica, então é necessário primeiro que você as diferencie.

Crítica construtiva: ela é dada de uma maneira respeitosa e não ameaçadora. Inclui fatos reais e foca na atitude a ser tomada, em vez da pessoa responsável por ela. Por exemplo, seu chefe pode lhe dizer após uma apresentação: Seus slides não foram tão eficazes quanto poderiam ter sido. Se você os tivesse feito com menos texto, as pessoas teriam lhe ouvido mais, em vez de procurarem lê-los. Algumas imagens a mais os teriam tornado mais interessantes, também.

Crítica destrutiva: pode ser dada de uma maneira rude, usar termos inespecíficos, amplos ou generalizações, e possivelmente num lugar público, onde há muitos ouvidos presentes. No entanto, o que realmente marca uma crítica destrutiva é que ela desvanece quando você a desafia racionalmente. Em breve, publicarei uma matéria sobre como lidar com a crítica destrutiva, para dar mais informações em como lidar com ela.

Lidando com a crítica

Quando somos criticados, é fácil ficar na defensiva. Afinal, a crítica implica que fizemos algo errado, ou que não estamos alcançando os níveis de desempenho desejados.
A boa notícia é que ninguém é perfeito! Todos nós cometemos erros em algum momento ou outro.
Pense: se você nunca erra, isto provavelmente significa que você nunca saiu da sua zona de conforto, que nunca se arriscou; ou que nunca colocou sua cara para bater. Dessa forma, não há meios de desenvolver suas habilidades ou carreira, há?
Agora lhe sugiro algumas respostas construtivas para uma crítica construtiva.

Ajuste sua atitude: Comece olhando a crítica como uma oportunidade de aprender e fazer melhor. A pessoa que oferece o feedback está muito interessada que você melhore o seu desempenho. Certifique-se de que a conversa comece de uma maneira correta abordando a situação com a mente aberta e tendo gratidão por alguém que usa o seu tempo para ajudá-lo. Resista à tentação de ficar na defensiva!

Desconecte-se: É importante perceber que a crítica construtiva é sobre algo que fez ou disse, não sobre você pessoalmente. Procure desconectar seus sentimentos da crítica, de modo que possa compreender a verdade que a outra pessoa está dizendo.

Ouça: Tenha certeza de que está realmente ouvindo ao que está sendo dito. É fácil apenas acenar a cabeça como se estivesse concordando, enquanto que na realidade, você está ocupado pensando no que você vai dizer tão logo a pessoa pare de falar. Isso não é ouvir: você precisa ouvir ativamente, de modo a entender o que a pessoa está dizendo.

Não responda imediatamente: Sempre tome um tempo para formular seus pensamentos e, certifique-se que está calmo antes de falar alguma coisa. Quando explodimos de imediato, sempre dizemos coisas que nos arrependemos, e que nos fazem parecer não profissionais. Se você acha que precisa mais do que alguns segundos para se acalmar, então diga isso. Peça um tempo para formular uma resposta, e volte com ela mais tarde. E se a crítica for recebida por email, não aperte o botão responder logo em seguida!

Parafraseie a crítica: Repetir o que a pessoa disse em suas próprias palavras é uma forma excelente de ter certeza que você a compreendeu completamente. Use uma abordagem não agressiva aqui. Permaneça calmo e parafraseie o que você pensa que a pessoa disse de uma maneira não ameaçadora. Talvez você diga: Então, se eu estou entendendo você corretamente, você pensa que….

Encontre os fatos: Se a pessoa que lhe dá feedback não está sendo específica o suficiente, então faça perguntas. É importante descobrir qual é o assunto principal. Se o seu chefe diz: Eu não gostei do seu último trabalho, então consiga detalhes. O que ele não gostou nele?

Admita erros: Pessoas que reconhecem seus erros são respeitadas e admiradas. Quando você espontaneamente assume a responsabilidade por alguma coisa que não deu certo como você desejava, você demonstra profissionalismo e maturidade. Se você está errado admita e peça desculpas. Ao concordar com o seu crítico, você se coloca do mesmo lado e pode fomentar uma atmosfera de respeito mútuo e comunicação aberta.

Aprenda com a experiência: A crítica construtiva pode nos auxiliar a melhorar nosso desempenho, se nos permitimos algum tempo para aprender com ela. Então, dedique-se alguns minutos a pensar sobre o que aconteceu e sobre o que o seu crítico disse. Planeje como você concertará a situação e evitará assim o mesmo erro da próxima vez.

Seja grato: Após ter ganhado uma perspective da situação, agradeça a pessoa por ter usado o seu tempo para lhe dar feedback. Muitas pessoas se sentem desconfortáveis em fazer uma crítica, assim como muitas pessoas se sentem desconfortáveis em recebê-la. Explique como ele o ajudou e o que você aprendeu com a experiência.

Resumindo 

Há uma grande diferença entre a crítica construtiva e a destrutiva, e algumas vezes a linha entre elas é difícil de ver. A crítica construtiva pode ajudá-lo a aprender e a crescer. Enquanto a destrutiva pode deprimi-lo.

Quando é preciso lidar com a crítica construtiva, perceba que se trata de uma oportunidade. Mantenha a mente aberta, e quando possível, admita qualquer erro que tenha cometido. Perceba que o crítico está indicando uma atitude ou uma situação, não você pessoalmente. Faça um esforço para ouvir ativamente e entender o que ele diz, e então planeje como você melhorará as coisas e continuará.

  Veja Mais

Na fase dos 45 anos+ e agora?

A longevidade já é uma realidade em nossas vidas, estamos vivendo mais e melhor. Viver mais requer planejamento em todos os sentidos!

Saiba mais 

Mentoria de negócios

Clique aqui e confira mais detalhes sobre Mentoria de negócios

Saiba mais 

11 Dicas para identificar maus hábitos

A mudança de hábitos é difícil e exigirá disciplina e muito foco, estar consciente de seus hábitos não significa navegar pelo caminho das mudanças.

Saiba mais 

Dificuldade para implementar as estratégias?

Todo processo de mudança gera desconforto até o novo hábito ser incorporado, especialmente durante a implementação das diretrizes do planejamento recé

Saiba mais 
Exibindo de 1 a 4 resultados (total: 15)
Tecnologia do Google TradutorTradutor